20 abril 2012

1001100101010110101001001111

Pois bem caros leitores deste espaço destinado ao mais alto e puro saber, retornarei às minhas postagem não com uma notícia fundamentalmente nova, mas sim de grande impacto e luto para todos, (assim como para este humilde que vos escreve) a perda, ou melhor, a GRANDE perda de mais um gênio de nossa bípede e humanoide raça: a morte do criador da língua mater das linguagens de programação, a linguagem C, Dennis Ritchie.

Como criador do C, podemos sem a menor dúvida, afirmar que Ritchie moldou, ou melhor, criou as bases da informática que conhecemos hoje. E a exemplo do código mais conhecido, eu tomei a liberdade de assim reescreve-lo:

main()
{
printf("Dennis Ritchie: Goodbye World!");
}

Então descanse em paz Ritchie em um paraíso de Bits e Bytes, onde não há erros de compilação, portabilidade e loopings infinitos com \a (dona Veridiana que o diga)!!



2 comentários:

Murilo disse...

i=1;
while(i)
{
printf("\a\tBelo post");
if(i=0)
{
printf("\aPost lixo");
}
}

Veridiana Vanessa Dattein disse...

i=1!

Postar um comentário